NOTÍCIASFAZER DOS DIREITOS HUMANOS UMA REALIDADE GLOBAL

TRANSFORMAR A GUATEMALA: DUMA TERRA DE VIOLÊNCIA PARA UMA NAÇÃO BASEADO NOS DIREITOS HUMANOS

Cynthia Maria Guerra encontrou a Youth for Human Rights enquanto trabalhava no Gabinete da Provedoria dos Direitos Humanos da Guatemala e é agora a Diretora da Youth for Human Rights da Guatemala.

A Cynthia Maria Guerra observou que o seu país da Guatemala era uma nação de violência. Ela decidiu fazer parceria com a Youth for Human Rights e reverter a maré.

Tudo começou quando Cynthia Maria Guerra, então Diretora de Promoção e Educação para a Provedoria dos Direitos Humanos da Guatemala, estava à procura duma solução para os problemas dos direitos humanos que afligem a sua nação. Entre os abusos, estavam a violência e extorsão por organizações criminosas, os alvos de jornalistas e defensores dos direitos humanos, discriminação contra a população indígena e maus‑tratos das mulheres.

“A violência está em todo o lado. É aparentemente a maneira de resolver tudo aqui”, disse a Guerra. “Assim que comecei a trabalhar na Provedoria dos Direitos Humanos de Guatemala, vi como a educação nos direitos humanos é um direito em si.”

Ela descobriu a Youth for Human Rights International (YHRI) quando o Provedor lhe deu um folheto O Que São os Direitos Humanos? para revisão, o que levou a uma parceria entre o Gabinete de Provedoria e a YHRI. A Guerra e os treinadores da YHRI ensinaram educadores num programa de 80 horas abrangendo tanto os materiais da Youth for Human Rights como uma parte feita à medida sobre os direitos dos indígenas, os direitos das mulheres e áreas afins. Cerca de 400 foram treinados, que depois continuaram a treinar outros. Uma parceria com uma universidade levou a outros 1300 professores a serem treinados.

Ao terminar o seu mandato no Gabinete da Provedoria a Guerra não podia simplesmente virar a página e ir‑se embora. Ela tornou‑se a Diretora da Youth for Human Rights da Guatemala. “Não me sentia apenas a voltar ao meu negócio privado. Tive que continuar com a minha missão de estabelecer uma cultura dos direitos humanos na Guatemala”, disse ela. “Quantas mais pessoas compreenderem realmente o que são os direitos humanos, mais hipóteses temos de estabelecer esta cultura e não uma cultura de discriminação, não uma cultura de abuso de poder, não uma cultura de corrupção.”

A YHRI foi adotada pela Comissão Geral para o estudo dos Direitos Humanos na Universidade San Carlos — a única universidade pública nacional da Guatemala. O decano da universidade de 153 000 estudantes anunciou o ano 2018 como o Ano da Educação dos Direitos Humanos. A Guerra disse sobre os seus planos: “Queremos aproveitar esta oportunidade e obter muitas pessoas para fazer o curso on‑line. Queremos que os estudantes da Guatemala se juntem a nós como voluntários e também sejam delegados da Cimeira em Nova Iorque.” Já tendo alcançado mais de 30 000 com a educação dos direitos humanos, a Guerra está determinada a ver os seus sonhos para a Guatemala a serem realizados. “A Educação para mim, como Nelson Mandela disse: ‘É a arma mais poderosa que pode usar para mudar o mundo.’”



AGIR
Junte‑se a nós nas Nações Unidas

Jovens reunidos de todo o globo na nossa Cimeira dos Direitos Humanos Internacionais de 2018.

Todos os anos desde 2004 temos reunido jovens e adultos de todo o globo na nossa Cimeira Internacional dos Direitos Humanos anual. Este ano não será diferente e está convidado!

Realizado no fim de junho na sede das Nações Unidas em Nova Iorque, esta cimeira promete ser diferente de qualquer outra, com jovens de todo o globo a assistirem como Jovens Delegados e Embaixadores, bem como altos representantes do governo e oradores da ONG a partilharem o seu conhecimento e orientação no campo da educação dos direitos humanos.

Pessoas de todos os estilos de vida são convidadas a participar e contribuir para a promoção da educação dos direitos humanos. Aqueles com idades compreendidas entre 18 a 29 podem aplicar para serem Jovens Delegados e representar a sua nação nesta cimeira.



PROTEGER OS DIREITOS HUMANOS

Junte‑se ao movimento internacional dos direitos humanos ao tornar‑se um membro de Unidos pelos Direitos Humanos. Unidos pelos Direitos Humanos ajuda indivíduos, professores, organizações e corpos governamentais por todo o mundo para elevar a consciencialização da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

FAÇA O DOWNLOAD »
FAÇA DOWNLOAD